Qual a melhor época para realizar a Expedição Argentina, Chile e Peru?
Destinos Internacionais Roteiros

Qual a melhor época para realizar a Expedição Argentina, Chile e Peru?

A Expedição Argentina, Chile e Peru é uma das nossas viagens mais pedidas e realizadas, e sabemos que muitos têm o sonho de poder embarcar nessa viagem e conhecer 3 dos destinos mais incríveis da América do Sul. A dúvida é: quando ir? Qual a melhor época? Qual o melhor mês?

Vamos esclarecer abaixo as dúvidas referente ao período para se realizar a Expedição Argentina, Chile e Peru!

Neste período de pandemia, o ideal é optar pelo planejamento da viagem dos seus sonhos! Consulte as nossas datas disponíveis para 2022 e 2023.

Trajeto Cordilheira dos Andes. Créditos: acervo pessoal Livare Viagens

Lembrando que cada período tem uma proposta específica,
então vai depender muito da preferência e vontade de cada um. Confira!

Clique aqui e garanta sua Expedição para Argentina, Chile e Peru

 

Janeiro

Principal período de verão e de temporada de férias. Se você tem preferência por temperaturas amenas, é uma boa opção. É importante destacar que mesmo sendo período de verão, há passeios com temperaturas baixas, como no Deserto Atacama (Chile), o passeio Gêiseres del Tatio (-5 a -20°C) e no Tour Astronômico.

Fique tranquilo(a), pois indicaremos todas as roupas necessárias para que você se proteja do frio (como as roupas em sistema de camadas). Em Arica, este é o melhor período para você aproveitar o litoral chileno no verão. O mesmo vale para abril e outubro.

Nossos passageiros durante o passeio Valle de la Luna, no Deserto Atacama (Chile). Créditos: acervo pessoal Livare Viagens

Fevereiro

Fevereiro é um período festivo no Peru! Além de ser o mês do carnaval (você já sentirá este clima), em Puno (Peru) o mês é marcado com muitas celebrações em homenagem à padroeira da cidade: a Virgem da Candelária, também carinhosamente chamada como Mamita Candelária.

Além da festa católica, há o sincretismo com a cultura andina, ocorrendo rituais à Pachamama, que englobam muitas cores, músicas, danças e fantasias. Essas festas foram declaradas Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade (Unesco, 2014), pois é uma grande mostra do folclore e carnaval peruano.

A data de fevereiro também é período de verão nos 03 países, uma ótima oportunidade para aproveitar as praias incríveis de Arica, no Chile!

pessoas com adornos brancos e vermelhos desfilando em Puno
Alegorias da Fiesta de la Virgem de la Candelaria, em Puno. Créditos: Renzo Giraldo/PROMPERÚ

Março e Abril

Também é período de verão e calor, mas com um detalhe especial: no dia da comemoração da  Páscoa, a expedição estará em Machu Picchu. Já durante a Semana Santa, estará em Cusco, no Peru, onde acontece a celebração de Quaresma e também a festa para o Señor de los Temblores, o padroeiro de Cusco. Esta celebração permite observar claramente a fusão da cultura Andina e católica.

A data de abril é temporada seca e possui um detalhe especial: na Semana Santa estaremos em Cusco, no Peru, onde acontecerá esta celebração e também a festa para o Señor de los Temblores, o padroeiro da capital do Império Inca.

Esta celebração permite observar claramente a fusão da cultura Andina e católica. Além disso, no domingo de Páscoa estaremos na Cidade Sagrada dos Incas: Machu Picchu.

Junho

O mês de junho é muito importante para o povo peruano, pois acontece o Inti Raymi, a Festa do Sol. Essa comemoração existe desde a Civilização Inca e surgiu como agradecimento ao Deus do Sol pela fartura da colheita, bem como comemorar o solstício de inverno.

O Inti Raymi acontece anualmente em Cusco (Peru), no dia 24/06. É justamente quando estaremos na cidade! No dia 29/06, quando estaremos em Arica (Chile), acontecerá a Festa de São Pedro, uma comemoração importante para os pescadores. Junho marca o início da temporada de inverno, com o ápice em julho e agosto.

Inti Raimy é um dos festivais mais importantes da cultura peruana. Créditos: Departamento de Cusco

Julho/Agosto

Julho e agosto são períodos da temporada de inverno. Durante esses meses, você terá a experiência de contemplar picos nevados ao longo do trajeto Cordilheira dos Andes. Se você gosta de frio rigoroso, esse é o período ideal. 

Nossas passageiras durante o passeio Gêiseres del Tatio, no Deserto Atacama (Chile). Créditos: acervo pessoal Livare Viagens

montanha do arco íris coberta por neve e uma placa escrita winikunka
Trajeto do passeio Trekking Montanha do Arco-Íris, no Peru. Créditos: Burak Arik

Setembro

Setembro é um mês especial para o povo chileno, pois o país está em clima das Festas Pátrias. Essa é a festa mais tradicional e importante do país, pois celebra a independência do Chile da coroa espanhola.

Neste mês, também há possibilidade de avistar um fenômeno raro no Deserto Atacama: vê-lo num mar de flores – resultado de um fenômeno climático, o El Niño.

As temperaturas começam a ficar amenas, pois o verão está próximo.

flores brancas no deserto atacama com montanha no fundo
O Atacama fica coberto de flores na época do El Niño. Créditos: Andrea Dominguez

Outubro

Esse é o período de seca e é a melhor época de visibilidade de Machu Picchu. Mas não se preocupe, pois nas demais datas você também terá uma boa visibilidade, pois a Livare Viagens escolhe cuidadosamente cada data para que os passageiros tenham a melhor experiência possível.

Nossa passageira durante o Tour em Machu Picchu. Créditos: acervo pessoal Livare Viagens
machu picchu na melhor época com boa visibilidade e templos e montanhas
Machu Picchu (Peru), uma das Sete Maravilhas do Mundo. Créditos: acervo pessoal Livare Viagens

Novembro

O mês de novembro favorece um clima ameno, ótimo para quem quer fugir do frio. Por ser um período de férias e de alta temporada, é uma ótima oportunidade para um intercâmbio cultural com turistas do mundo inteiro!

turistas conversando em círculo em monte
Viajar em clima ameno favorece o intercâmbio cultural com outros turistas. Créditos: Livare Viagens/Arquivo pessoal

Dezembro

A data de dezembro favorece uma experiência única: curtir o Réveillon no Deserto Atacama, o deserto mais árido do mundo! Celebrar a virada do ano com um tapete de estrelas no céu será inesquecível! Isso porque o Atacama é um dos melhores lugares do mundo para a observação astronômica.

Essa data é uma oportunidade de encerrar 2022 e iniciar 2023 viajando pela América do Sul e conhecendo lugares incríveis! Por ser temporada de verão, você aproveitará ainda as praias de Arica (Chile). 

É importante destacar que ainda que seja período de verão, há passeios com temperaturas baixas, como no Deserto Atacama (Chile), no passeio Gêiseres del Tatio (-5 a -20°C) e no Tour Astronômico. Fique tranquilo(a), pois indicaremos todas as roupas necessárias para que você se proteja do frio.

céu com estrelas e via láctea à noite no deserto do atacama
Tour Astronômico no Deserto Atacama (Chile). Créditos: acervo pessoal Livare Viagens

Clique aqui e garanta sua Expedição para Argentina, Chile e Peru

 

Confie a sua experiência numa Agência especialista em viagens e expedições na América do Sul  – Livare Viagens. Para mais informações, clique aqui!

Tudo sobre nossos pacotes e destinos







Siga no Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Reserve agora mesmo!